21 anos sem Roland Ratzenberger

IMG_7905

21 anos se passaram desde que Rubens Barrichello sofreu forte acidente, do qual não se lembra de nada. Roland Ratzenberger não teve a mesma sorte, bom seria se ele apenas tivesse esquecido do ocorrido.

Ao ver Senna cravando a melhor volta e estabelecendo o tempo mais rápido do final de semana, o talentoso piloto em sua primeira temporada, da qual participava fazia 53 dias, indignado por não conseguir tal desempenho, resolveu colocar novamente o capacete e entrar em seu carro. Uma forte batida e um corpo imóvel tiravam a vida deste que estava em seu 3˚ final de semana, dos 5 previstos em seu contrato.
IMG_7907
Era um sonho para ele, um sonho que acabava ali. Mas a tragédia não tinha acabado ainda.
No dia seguinte Senna tentava fazer sua Williams andar forte e enfim conseguir vencer por sua nova casa, ainda no início da corrida o brasileiro escapou da pista e seguiu em linha reta em direção ao muro, sairia ileso, se não fosse uma barra de direção perfurando o capacete.
IMG_7906
Ao ser retirado do carro, em seu macacão foi encontrada uma bandeira austríaca que seria agitada em homenagem a Roland.
Ainda hoje bandeiras brasileiras são deixadas no túmulo de Roland, um novato, que em duas corridas disputadas mostrava que era possível realizar os sonhos, mas que a vida não é justa e deixando claro o quanto somos frágeis.

Sobre o autor: Cristiano Vieira

 

Designer de Produtos formado pelas Belas Artes-SP, Cristiano Vieira estudou mecânica de automóveis no SENAI e trabalhou como mecânico certificado pela ASE como especialista em freios e suspensão. Participou do projeto gráfico do carro e macacões de pilotos da equipe de F1 Virgin Racing em 2010. Leitor do Falando de Carro desde 2012 e colunista desde 2013.

 

Últimas notícias sobre Formula 1

 
 

Add a comment

required

required

optional


 
 
Image and video hosting by TinyPic
 
 

Vídeos

 
 
 
 

Últimas Avaliações