Tesla Model S chega ao Brasil por importação independente partindo de R$ 470 mil

Tesla-Model_S_2013_1280x960_wallpaper_04

Ainda de forma independente, a importadora Direct Imports está trazendo para o Brasil o Tesla Model S. Por aqui, o elétrico chega por R$ 470 mil.

Para ter um modelo como esse demora 120 dias para chegar ao solo brasileiro. Mesmo com o alto valor, o elétrico já conta com a isenção de 35% de custos de importação. “Esse carro custava antes cerca de 600 mil reais, mas agora a aquisição fica viável, para quem se dispõe a investir em modelo exclusivo e com preço mais acessível, com garantia do imposto de importação a 0% e a solicitação da isenção do IPI para pessoa física” explica Daniel Valerio CEO da Direct Imports.

Tesla-Model_S_2013_1280x960_wallpaper_1f

O modelo S, é o sedan esportivo de mais sucesso da Tesla e o carro de entrada da Marca com sede na Califórnia. Como todos os modelos, ele é customizável e está disponível em três versões: 70D de 329cv de potência, a 85D de 422cv de potência e a mais potente P85D com um motor elétrico de 221cv associado a um com um a combustão que resulta em até 470cv de potência. Os motores 100% elétricos são do tipo plug in, recarregáveis em tomada residencial comum.

Entre os opcionais estão disponíveis piloto automático, interior premium com luzes especiais em LED, kit de som profissional, pacote para neve (bancos com três zonas de aquecimento, presente também no volante, limpadores de vidro aquecidos e lavadores de faróis, vantagem competitiva para o veículo em países de inverno rigoroso) e banco reversível com mais dois lugares.

Tesla-Model_S_2013_1024x768_wallpaper_14

O desconto é possível graças a medida do governo federal que zerou o Imposto de Importação para automóveis movidos a eletricidade ou hidrogênio, e também híbridos que tinham alíquota de 35%. A resolução foi publicada no final de outubro pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) no Diário Oficial da União.

A medida já está em vigor e exige autonomia de pelo menos 80 quilômetros com uma recarga. Serão beneficiadas unidades importadas, desmontadas ou semidesmontadas. “Esta medida é esperada não só pelas importadoras mas pelas montadoras diante da necessidade de reduzirmos nossa dependência da matriz enérgica baseada no petróleo que agora torna mais viável a aquisição de um veículo elétrico abrindo um amplo portfólio de modelos importados”, finaliza.

Sobre o autor: Renato Maia

 

Jornalista, Renato Maia é apaixonado por carros e tecnologia. Nascido no ABC paulista, ele respirou o ar das grandes montadoras que atuam na região, como Volkswagen, Chevrolet, Ford e Mercedes, que fazia o garoto de São Bernardo se encantar por automóveis. Logo a vontade de juntar o jornalismo e carros foram se aproximando, e em 2011 ele criou o Falando de Carro.

 

Últimas notícias sobre tesla

 
 

Add a comment

required

required

optional


 
 
Image and video hosting by TinyPic
 
 

Vídeos

 
 
 
 

Últimas Avaliações