Teste – Mercedes A250 Sport anda bem e possui bons itens de série

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-5

Antes do Mercedes A45 AMG, está o A250, um hatch com design esportivo mas com um motor mais manso, comparado ao AMG, mas isso não quer dizer que ele seja fraco.

Para se ter ideia, o modelo chega aos 100 km/h em 6,6 segundos, isso por que ele usa um motor 2.0 turbo de 211 cavalos de potência e 35,7 kgfm de torque máximo. Para o Brasil, o modelo sempre vem equipado com transmissão automatizada de embreagem dupla com sete marchas.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-17

O motor caiu muito bem para o A250. No ano passado andamos no A200 Urban, com motor 1.6 de apenas 156 cavalos. Não há como comparar os motores, mas apenas queremos reforçar que os 55 cavalos fazem muita diferença.

Equipado com este 2.0, o carro anda muito forte, sobretudo na estrada, ele não é nenhum AMG, mas você não fica na mão com o carro. Em relação ao motor, o “Calcanhar de Aquiles” do A250 é a transmissão.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-30

Apesar dos modos de condução alterar o comportamento do câmbio, o giro do motor é o ponto-chave. Em baixas rotações, não adianta a sua pressa, ele vai fazer trocas mais lentas. Agora entre 3.500 rpm e 5.000 rpm, ele tem trocas bem rápidas, favorecendo o ganho de velocidade e boas retomadas na estrada.

Percebemos que é bom tomar cuidado em curvas, já que ele tende a sair bastante de frente, mas é só não abusar ou usar o famoso “Punta Taco” que ele faz curvas como se estivesse grudado no chão.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-15

O consumo é um ponto favorável. Na cidade ele percorre cerca de 8 km/l e na estrada, se não pisar fundo, o consumo pode chegar a 13 km/l. Agora, se pisar bastante, o consumo na estrada baixa para 9 km/l.

Outro ponto negativo do A250 é sua suspensão. Devido a potência elevada e sua performance, o A250 é bem duro, mas o problema não está nos buracos, mas sim em ondulações e valetas. Os amortecedores firmes acabam jogando o motorista e passageiros de um lado para o outro, incomodando bastante.

Na cidade, sabendo trocar as marchas na hora certa, você tem um excelente carro, o torque máximo está presente perto dos 1.600 rpm, o que faz você saltar e até grudar no banco e a direção direta contribui para manobras rápidas.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-28

Por dentro a Mercedes investiu bem. Como se trata de uma versão esportiva, o teto foi revestido de preto, os bancos com forração em alcântara conta com costura vermelha, assim como o volante e as portas.

Os detalhes não param por ai, todos os bancos contam com iluminação no apoio de cabeça, assim como nas portas, pés e soleiras são iluminadas. A cabine ainda tem volante com detalhes cromados, teto solar e acabamento em soft touch nas portas e console.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-34Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-26Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-24Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-20

O estilo não impressiona apenas por dentro, por fora o kit AMG chama bastante atenção. A grade frontal é o principal destaque do modelo, seguido pelo para-choque bem esportivo com um friso vermelho, assim como o para-choque traseiro, que conta com da saídas de escape e um friso vermelho. Por fim, o modelo que é mais baixo que o A200 Urban, conta com rodas de 18 polegadas com logo AMG.

Entre os itens disponíveis no A250, encontramos, park assist, bancos com regulagem elétrica, ar condicionado digital dual zone entre outros detalhes.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-13 Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-9

A grande diferença interna, comparada ao A200 é a central multimídia. O sistema mais completo de 5,8 polegadas conta com GPS, entrada para cartão SD, conexão USB, Bluetooth e acesso a internet. Na tela é possível acessar qualquer página, além de rádio online, mas infelizmente tudo só é possível com o carro parado.

O espaço interno também é bem, até para quem vai atrás, mas não para os mais altos. O problema não está no espaço para as pernas, que são bons para um carro hatch, mas devido ao teto baixo, algumas pessoas acabam encostando a cabeça no teto.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-38 Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-37

O porta-malas também tem um tamanho considerável. São 341 litros de capacidade, para poder levar algumas compras e bagagens para curtas viagens.

Infelizmente, para ter um A250 Sport na garagem é preciso desembolsar cerca de R$ 163.500. O valor é bem próximo ao seu principal concorrente, o BMW 125i M Sport, entretanto, os itens de série disponíveis no hatch da estrela de três pontas é bem mais atrativo.

Mercedes A250 Sport - Falando de Carro-10

De modo geral, o A250 Sport conta com belos itens, e performance. O carro anda bem, é econômico e muito bonito, mas esbarra no alto valor.

Motor 2.0
Potência 211
Torque 35,7 kgfm
Velocidade Máxima 240 km/h
Tempo 0-100 (Km/h) 6.6 segundos
Consumo cidade 8 km/l
Consumo estrada 13 km/l
Altura 1,43 m
Largura 1,78 m
Comprimento 4,29 m
Entre-eixos 2,69 m
Peso 1,46 m
Tanque 50 litros
Porta-malas 341 litros
Câmbio Dupla embreagem man.sequ.com modo auto de 7 marchas
Direção Elétrica
Suspensão dianteira Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.
Suspensão traseira Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.
Freios Quatro freios à disco com dois discos ventilados.

Sobre o autor: Renato Maia

 

Jornalista, Renato Maia é apaixonado por carros e tecnologia. Nascido no ABC paulista, ele respirou o ar das grandes montadoras que atuam na região, como Volkswagen, Chevrolet, Ford e Mercedes, que fazia o garoto de São Bernardo se encantar por automóveis. Logo a vontade de juntar o jornalismo e carros foram se aproximando, e em 2011 ele criou o Falando de Carro.

 

Últimas notícias sobre Avaliação

 

1 Comment

 

Add a comment

required

required

optional


 
 
Image and video hosting by TinyPic
 
 

Vídeos

 
 
 
 

Últimas Avaliações