VW sabi que software da Bosch era apenas para testes

image-doc-4t8l3-data

De acordo com o jornal alemão, Bild am Sonntag, o software problemático usado pela VW que causou todo esse escândalo era da empresa Bosch, mas eles advertiram o grupo que era apenas para testes.

Embora a Bosch acredita-se ser responsável por criar este programa, eles só desenvolveu-lo para fins de teste, mas no final, a VW decidiu usá-lo em seus carros de produção.

Em 2007, a Bosch advertiu a Volkswagen que seria ilegal usar o software de gerenciamento do motor em carros de produção, mas VAG ignorou o aviso e instalou o software de qualquer maneira e agora há cerca de 11 milhões de carros em todo o mundo com o chamado “defeat device.”

De acordo com do Frankfurter Allgemeine Zeitung, outro aviso veio em 2011 de um dos próprios engenheiros da Volkswagen, mas mais uma vez sem qualquer sucesso como VW continuou a instalar nos seus motores TDI que alimentam vários modelos da marca principal, mas também na Audi, Seat e Skoda.

Inicialmente, apenas o TDI 2.0 era parte da investigação, mas agora o 1.6 TDI também está sendo analisada e há suspeitas sobre o 1.2 TDI também. Além disso, a EPA começou recentemente um novo inquérito sobre o 3.0 TDI e este motor caso esteja com o mesmo sistema, pode afetar a principal marca do grupo, a Porsche.

Sobre o autor: Renato Maia

 

Jornalista, Renato Maia é apaixonado por carros e tecnologia. Nascido no ABC paulista, ele respirou o ar das grandes montadoras que atuam na região, como Volkswagen, Chevrolet, Ford e Mercedes, que fazia o garoto de São Bernardo se encantar por automóveis. Logo a vontade de juntar o jornalismo e carros foram se aproximando, e em 2011 ele criou o Falando de Carro.

 

Últimas notícias sobre volkswagen

 
 

Add a comment

required

required

optional


 
 
Image and video hosting by TinyPic
 
 

Vídeos

 
 
 
 

Últimas Avaliações